4 melhores dicionários
on-line e gratuitos

Os profissionais do texto, geralmente, precisam de fontes rápidas para consultar durante a elaboração de suas demandas. Entretanto, nem sempre é possível ter um dicionário impresso em mãos. Por isso, hoje separei alguns dicionários que eu uso e recomendo. E o melhor: todos são gratuitos e on-line.

  1. Dicionário Michaelis.

É o que mais uso quando não tenho como consultar o dicionário impresso. Nele confirmo o significado, a ortografia e a classificação da palavra; por exemplo, se é substantivo feminino ou masculino.

  1. VOLP (Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa), elaborado pela Academia Brasileira de Letras.

É o segundo site que eu mais acesso. Nele confirmo se a palavra tem acento ou hífen, e se dobrou o S ou o R, depois da Reforma Ortográfica. Ele não possui significados, mas tem o registro de 382 mil palavras existentes em língua portuguesa e as respectivas classificações gramaticais, conforme a sexta edição, de 2021.

  1. Dicionário Sinônimos.

Nele eu encontro sinônimos de palavras e expressões para substituir no texto e evitar aquelas repetições desnecessárias. 

  1. Dicionário Priberam.

Contém sinônimos e antônimos, além de conjugação verbal e etimologia das palavras. O diferencial dele é que permite a consulta tanto em português do Brasil quanto de Portugal. 

Muitas vezes, mesmo consultando dicionários e estando muito atento à elaboração dos textos solicitados no briefing, erros podem passar despercebidos aos olhos de quem os escreveu. 

Desse modo, é importante contar com um profissional capacitado para essa demanda; assim, diminui-se a pressão sobre o redator ou produtor de conteúdo, favorecendo sua criatividade ao ter a segurança e a tranquilidade de contar com um revisor de texto na equipe.

Fale comigo e saiba mais sobre as diferentes formas de contratação da revisão de texto publicitário.

Sem comentários